Sensor digital para monitoramento da temperatura do motor

Um upgrade a ser feito em nossas viaturas e que é consenso entre praticamente todos os proprietários é a instalação de um sensor auxiliar para monitoramento da temperatura do motor, tendo em vista que o sensor original “Lãndirrôvi” possui um delay gigantesco e, em caso de superaquecimento do bloco, quando o ponteiro do mostrador começar a subir na prática o motor já sofreu avarias.


Continue lendo “Sensor digital para monitoramento da temperatura do motor”

Cuidado com as mangueiras!

Os motores 300 Tdi são simples e confiáveis, exigindo pouca manutenção se bem cuidados e se usados dentro de seus limites de projeto. Entretanto, como qualquer motor, basta apenas alguns quilômetros operando com temperaturas acima de seu limite para se ter prejuízos com juntas, cabeçote, cilindros, etc.

A questão no 300 Tdi é a facilidade com que a temperatura aumenta, sendo sua principal causa a perda de fluído de arrefecimento. Não é por menos que a imensa maioria dos proprietários instalam um sensor de nível no sistema, garantindo que seus motores nunca trabalhem sem esse precioso fluído. Continue lendo “Cuidado com as mangueiras!”

Sensores de temperatura EGT e do fluído de arrefecimento

Introdução

Este DIY apresenta uma sugestão de passos para instalação de um mostrador duplo para monitorar as temperaturas dos gases de escape (EGT) e do fluído de arrefecimento, auxiliando no monitoramento em tempo real do motor. A observação desses dois parâmetros permite identificar as situações nas quais o motor está trabalhando fora dos parâmetros de projeto, permitindo que o motorista faça as devidas correções em seu modo de dirigir o que resulta em uma maior vida útil do motor e de seus componentes. Continue lendo “Sensores de temperatura EGT e do fluído de arrefecimento”

Trocando a válvula termostática

Introdução

A válvula termostática tem como função regular o fluxo de fluído de arrefecimento entre a parte superior do bloco do motor e o radiador. Desse modo o motor atinge a temperatura ideal de trabalho mais rapidamente, também possibilitando que essa temperatura seja mantida dentro de uma faixa de trabalho ideal durante o funcionamento do motor. A válvula termostática do motor 300 Tdi começa a abrir ou fechar quando a temperatura do fluído atinge os 88° C.

Continue lendo “Trocando a válvula termostática”

Troca da bomba d’água e outras melhorias…

A troca da bomba d’água no motor 300 Tdi é um procedimento bastante simples, sendo geralmente realizado após problemas no sistema de arrefecimento e/ou vazamentos de fluído através da própria bomba. Alguns poucos fazem a troca preventivamente, sendo o limite de 120.000 km o recomendado no “Manual Quebra Galho – MQG”, embora o tempo médio entre falhas (MTBF) seja de 80.000 km. Cabe salientar que o MTBF é feito por Landeiros, usando as mais variadas peças (primeira, segunda e até terceira linha), o que afeta diretamente a média entre falhas, portanto use seu bom senso aqui… Continue lendo “Troca da bomba d’água e outras melhorias…”

Proteção da mangueira do arrefecimento sobre a polia da bomba d’água.

Introdução

Este é um procedimento extremamente simples, rápido e barato, mas que pode salvar seu motor 300 Tdi de perder o fluído de arrefecimento. Se isso ocorrer, são grandes as chances de queimar a junta do motor, empenar o cabeçote e por aí vai… Existem outros pontos críticos no 300 Tdi, sobre os quais criaremos outros tópicos no futuro. Continue lendo “Proteção da mangueira do arrefecimento sobre a polia da bomba d’água.”