Eliminando o conector elétrico da solenóide da bomba injetora.

Os motores 300 Tdi são notáveis exemplares de uma já encerrada era de propulsores diesel 100% mecânicos, com zero eletrônica, extremamente simples, robustos, confiáveis (com algumas “ajudinhas”, é claro) e capazes de suportar consideráveis desaforos mecânicos, de combustível ou condução. O “sistema elétrico” de um 300 Tdi se resume ao motor de partida, as velas de aquecimento e a solenóide da bomba injetora. Continue lendo “Eliminando o conector elétrico da solenóide da bomba injetora.”